quarta-feira, 28 de julho de 2010

Panquecas vegan

Amo panquecas. E tem como fazer panquecas sem ovos e sem leite? Felizmente, sim. Tive que dizer tchau para a receita da sogra e procurar uma nova na internet. Achei várias, mas a que mais me inspirou confiança foi essa aqui debaixo, que já não me lembro mais aonde vi.
Vale comentar que o gosto é o mesmo da panqueca "original". Delíciaaaa!



Ingredientes da massa de panqueca
1 e 1/2 xícara de chá farinha de trigo
1 e 1/2 xícara de chá de água
2 colheres de sopa de óleo
1 colher de chá de fermento em pó químico
Sal a gosto

Bata tudo no liquidificador e frite em uma frigideira anti-aderente untada com um pouquinho de óleo. Para fritar, é só despejar um pouco da massa na frigideira, espalhe fazendo movimentos circulares com a frigideira. Deixe fritar de um lado, depois vire com a ajuda de um garfo, frite do outro lado e pronto.

Para rechear, fiz um molho de tomate com PTS média e milho. Arroz e saladinha para acompanhar.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Pizza vegan com Tofupiry

Observação: Refiz a pizza com o tofu que comprei em Ourinhos, que é bem melhor do que o que encontro  em PG, não tem gosto forte de fumaça, rs. Depois da descoberta que o problema era com o tofu e não com o tofupiry, coloco ele entre os meus favoritos.

Leia, abaixo, o post original:

A nossa primeira experiência com o tal do Tofupiry não foi lá muito boa. Isso porque o Jeferson fez o Tofu, na época não achamos para vender em PG. Não ficou ruim, mas ficou bem azedo por causa do limão que usamos como coagulante do tofu. Essa segunda versão, feito com tofu pronto, ficou infinitamente melhor. Mas já adianto que não é meu prato favorito. Se você quiser provar, ficaadica.
Abaixo, a receita e a foto da nossa pizza da última segunda-feira, antes de ir pro forno.



          


Para a massa:
1/2 xícara de chá de água morna
1 envelope de fermento biológico seco
1 e 1/2 xícara de chá de farinha de trigo
1 colher de sobremesa de sal
1 colher de sobremesa de açúcar
Um pouco de óleo

Misture a farinha com o sal, açúcar e o fermento. Acrescente a água e o óleo e amasse. Deixe a massa descansar por cerca de 45 minutos. Abra a massa com a ajuda de um rolo. Enquanto isso, vá fazendo o tofupiry.

Para o Tofupiry:
1 xícara de chá de tofu firme (se você mora em PG, tem no Supermercado Tozetto)
1/3 xícara de chá de água
1/4  xícara de chá de azeite
Meio limão
2 colheres de sopa de polvilho azedo
Sal a gosto

Bata todos os ingredientes no liquidificador. Depois, leve a mistura a uma panela pequena e aqueça, sempre mexendo para que não grude. Quando engrossar, desligue o fogo e reserve.
Coloque a pizza para assar em forno pré-aquecido. Enquanto a massa assa, você pode cortar os ingredientes do recheio.

Para o Recheio:
2 tomates cortados em rodelas
100 gramas de champignon
Meia lata de milho verde escorrido
Orégano e azeitonas a vontade
Molho de tomate

Depois que você já pré-assou sua massa de pizza por cerca de uns 20 minutos em fogo médio, retire a massa do forno e passe o molho de tomate. Em seguida, espalhe o tofupiry com a ajuda de uma colher e cubra a sua pizza com o recheio. Leve ao forno novamente e quando a massa estiver dourada, é só tirar do forno e comer, ebaaa.

terça-feira, 20 de julho de 2010

Strogonofe de Glúten ou Seitan (vegan)





Para o glúten ou seitan

É a segunda vez que faço glúten. Preferi fazer com meio quilo de farinha de cada vez ao invés de um quilo, porque fica mais fácil de amassar e de tirar o amido depois. No meio do processo parece que não vai dar certo, também tive essa sensação, mas dá sim.

Ingredientes:
Meio quilo de farinha
1 e 1/2 xícara de água

Juntar a farinha com a água e amassar como se fosse fazer um pão. Depois disso, formar uma bola e deixar descansar em uma bacia com água por uma noite. No dia seguinte, amassar a massa para retirar o amido e ir trocando a água. É importante tentar deixar a massa toda junta durante esse processo. Quando a água trocada da bacia ficar mais transparente ou quando a massa estiver mais esponjosa e amarelada, está pronto.
Escorra a água e amasse o glúten em forma de rolo. Corte em pedaços como se fossem bifes.
Na panela de pressão, frite uma colher de cebola e um alho picados, adicione água, temperos (pimenta, por exemplo) e um pouco de shoyo. Coloque os bifes para cozinhar por cerca de 20 minutos depois que a panela começar a apitar.
Armazene os bifes junto com água do cozimento em um pote e leve para a geladeira até usá-los.


Strogonofe (para 4 pessoas)

2 colheres de sopa de cebola picada
1 dente de alho picado
1 colher de creme vegetal
2 colheres de extrato de tomate
1 caixinha de creme de soja
4 bifes de seitan cortados em tirinhas
Meio limão

Frite o alho e a cebola no creme vegetal e acrescente os pedacinhos de seitan. Acrescente o suco do meio limão e deixe fritar. Em seguida, adicione o extrato de tomate e um pouco de água. Deixe o molho engrossar, coloque sal e pimenta a gosto e por último adicione o creme de soja. Tcharaaaam, está pronta essa comida delícia. Ah, champignons são bem vindos sempre, mas estava em falta aqui em casa.

Para acompanhar, arroz branco, batata palha e saladinha. No meu caso, saladinha de rúcula da Feirinha de Orgânicos do Emiliano Zapata, que acontece na terça feira de manhã, no campus da UEPG Uvaranas, e na quinta-feira de manhã no campus central.

domingo, 18 de julho de 2010

Noite Mexicana - tortilhas, guacamole e chilli vegan

No último dia 14, eu e o Jeferson completamos cinco anos de namoro. Queríamos comemorar a data com um jantar, mas as opções veganas aqui em Ponta Grossa não são muitas, para não dizer inexistentes. Então decidimos fazer uma noite mexicana. O resultado você pode conferir na foto abaixo: Doritos Original, tortillas, guacamole e chilli. Ficou tudo muito bom!


Costumávamos usar aquele Doritos apimentado, que é vegan. Mas é muita pimenta para uma única refeição. Quem for forte, pode arriscar. Receitas abaixo.

Chilli
1 xícara de feijão cozido e batido no liquidificador com um pouco de água ou o caldo do próprio feijão (não bater muito para deixar com alguns grãos inteiros)
1 xícara de PTS média hidratada (granulada)
Meio pimentão verde picado (a receita original manda colocar pimentões das três cores. Só com o verde ficou bom também)
1 tomate picado em cubinhos
1 colher de extrato de tomate
Sal e pimenta jalapeño (usamos aquela Tabasco) a vontade.
3 colheres de cebola picadinha
1 dente de alho
Louro e um pouquinho de cominho (opcional)

Frite o alho e cebola até dourar. Em seguida, acrescentar a PTS, o pimentão e o tomate. Deixe refogar e acrescente o feijão batido. Misture e depois adicione o extrato de tomate, a pimenta, sal e os demais temperos. Deixe refogar até que a mistura esteja bem grossa.


Tortillas
2 xícaras de farinha de milho (daquela de flocos)
1 e 1/2 xícara de água
1 colher de creme vegetal ( eu uso Delicata)
1/2 colher de sal


Em uma panela, esquente o creme vegetal e a água até ferver. Em seguida, acrescente a farinha de milho e misture. Desligue o fogo e deixe esfriar. Sove a mistura com as mãos.
Com a ajuda de um rolo, abra a massa bem fininha, mas não muito para não rasgar na hora de fritar. Eu uso papel filme em cima da massa para não grudar no rolo na hora de abrir e corto com a ajuda da tampa da garrafa térmica. Improvisado, mas ajuda a deixá-las mais bonitinhas.
Frite-as em uma frigideira anti-aderente untada com uma gotinha de óleo. Doure dos dois lados e pronto.
Eu uso o forno para esquentá-las antes de servir. Assim, elas ficam mais crocantes também.


Guacamole
Meio abacate maduro cortado em cubos
1 tomate cortado em cubos
Cebola também em cubos
Limão e sal
(tem gente que coloca pimenta na guacamole. Fica a dica, mas eu prefiro sem)

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Esfihas (vegan)

Massa fácil de fazer e fica pronta rapidinho. Ótima pedida quando a criatividade não está em alta.



Massa:
3 xícaras de farinha de trigo
150 ml de água morna
50 ml de óleo de soja
1colher de chá de sal
1 colher de chá de açúcar
1 sachê de fermento biológico seco

Modo de preparo:
Em uma bacia, misture a farinha com o fermento biológico seco. Em seguida, acrescente o sal, o açúcar e misture. Depois acrescente os demais ingredientes e amasse bem até que a massa fique homogênea. Deixe a massa descansar por 40 minutos. Aproveite este tempo para preparar o recheio.

Recheio:
No recheio eu usei PTS fina. Frite ela com cebola picadinha, um tomate picadinho, sal e temperos. É importante deixar ela bem sequinha e esperar que o recheio esfrie antes de começar a rechear suas esfihas.


Depois de deixar a massa descansar, faça pequenas bolinhas de tamanhos iguais. Abra a massa com a ajuda de um rolo. Recheie e feche as esfihas. Coloque-as em uma fôrma untada, com a abertura para baixo, para evitar que elas abram. Asse em forno pré-aquecido a 200 graus por mais ou menos vinte minutos ou até que ela estejam douradas.