terça-feira, 7 de setembro de 2010

Coxinha Vegan de Mandioca

Fazia tempo que estava rolando uma vontade incontrolável de comer coxinha. Pesquisando nosso almoço de feriado, eu e o Jef nos lembramos da existência da mandioca congelada na geladeira e resolvi fazer coxinha com massa de mandioca.
A coxinha com essa massa é uma delícia, mas eu não comia desde sei-lá-quando. Vendia em uma casinha de suco na estrada indo de Ourinhos para Santo Grande, que por sinal eu nem sei se existe ainda. Íamos até lá para comer coxinha, tomar suco de morango e brincar no parquinho.

Para a massa:
1 quilo de mandioca cozida
2 colheres de creme vegetal
2 xícaras de farinha de trigo (aproximadamente)
Sal a gosto

Amasse a mandioca ou passe ela pelo espremedor, acrescente sal a gosto e o creme vegetal, como se fosse um purê. Em seguida, acrescente a farinha de trigo aos poucos até que a mandioca esteja em ponto de massa. Reserve.

Para o recheio:
Azeite
1 dente de alho picado
1 xícara de PTS média hidratada
1 colher de extrato de tomate
Meia xícara de água
Azeitonas, sal, pimenta e páprica a vontade

Frite o alho no azeite, acrescente a PTS, o extrato de tomate, a água e os temperos. Mexa e espere a PTS  ficar bem seca. Desligue e espere esfriar.

Recheando as coxinhas:
Para brincar de rechear suas coxinhas você vai precisar de paciência, 1 prato com farinha de rosca e 1 recipiente com água. Essa é a parte mais chata da receita, não vou mentir.
Molhe a mão, abra um pouco da massa e a acomode na palma da sua mão. Para facilitar o trabalho, faça uma conchinha com a mão. Coloque um pouco do recheio no meio e feche juntando as pontas da massa. Em seguida, dê o formato de coxinha. Mergulhe a coxinha na água e em seguida passe na farinha de rosca.
Frite em óleo quente até que elas estejam douradas. Deixe-as escorrendo em um pirex forrado com papel toalha. Dá para fazê-las assadas, mas né, não vamos se enganar. Já que é para comer coxinha, que seja frita.


Coxinhas antes...

...e depois de fritar.

Huuuuuum, delíciaaa!


7 comentários:

Thiago Almeida disse...

Huuummm, eu amo coxinha. Acho que vou até fazer uma receita, mas bem la para frente. Como eu vendia coxinha, efiha, kibe, pastel assado...etc..etc...eu fiquei meio enjoado, mas me deu vontade de fazer esta massa, parece ser super gostosa.
Sobre a glutadela, tem como comprar pelo site www.nutralim.com.br

Lucas disse...

acabei de fazer mas olha. Coxinha não descobri como faz, as minhas sairam umas coxonas bombadas heheheh mas ficaram sequinhas e gostosas, obrigado por compartilhar a receita!! : )

Natália Moreira disse...

Ahahhahaha, eu também não sei fazer coxinhas. Até comprei daqueles moldes, mas não adianta, não servem pra nada. Qdo consigo fazê-las pequenininhas elas são qualquer coisa, menos coxinhas. Ahahha. Que bom que deu certo! :). Ainnn, agora quero coxinha tb!

Mari disse...

Descobri esse site agoraa! Amei essa massa!
E sim, ainda existe aquela casa de japoneses que vende aquela coxinha maravilhosa! =]

Lara disse...

o que seria creme vegetal??

Sereia Vegana disse...

Flor, eu não consumo creme vegetal de forma nenhuma. dá pra substituir por óleo de coco? obrigada pela receita, estou louquinha pra testar!

sílvia disse...

Oi. Usei uma colher de óleo de soja para cada 500 g de mandioca amassada/processada. Ficou muito bom. Fiz a mesma massa para nhoque. Também ficou super bom.